CATUNI DA ESTRADA: PORTAL DAS AGUAS DA SERRA

CATUNI DA ESTRADA: PORTAL DAS AGUAS DA SERRA

ISBN: 978-65-5732-020-4

Capa de Livro: CATUNI DA ESTRADA: PORTAL DAS AGUAS DA SERRA
Edições:PDF (português)
ISBN ISBN: 978-65-5732-020-4

Catuni da Estrada é um corpo social pertencente ao território político da cidade Jaguarari, localizada no sertão baiano. A vista é marcada por uma peculiar transição entre Mata Atlântica e Caatinga Florestada, a vegetação é rasteira arbustiva e arbórea. Algumas árvores alcançam mais de 50m, o que evidencia a existência de uma floresta densa e diversificada. Atualmente a flora vem sofrendo mudanças constantes e gradativa, estando profundamente ligado ao processo de ocupação humana dos espaços. Trata-se de enclaves de mata úmida dentro de uma região onde as precipitações orográficas (aspectos de um determinado relevo) são inconstantes, formando os conhecidos “Brejos de altitude”. As chuvas são mais frequentes entre os meses de março a julho, tornando o clima ameno e com um verde exuberante. A paisagem como um todo é munida de recursos suficientes para diferenciá-la, sendo percebida através de uma plasticidade que vai moldando toda a sua composição biogeográfica. O espaço físico serrano possui rochas cristalinas auto-organizadas, que são esculpidas em superfícies suavemente onduladas, apresentando crista superior a mil metros acima do nível do mar.

Está fincado na mesorregião do norte baiano e microrregião de Senhor do Bonfim, Catuni está inserido no Território de Identidade do Piemonte Norte do Itapicuru, localizado ao sopé sul da Serra do Gado Bravo numa altitude de 603 metros. Possui uma localização privilegiada, como é sempre verde em todos os meses do ano, é constantemente abastecida de frutas (abacaxi, banana, jaca, manga…) da região denominada “grota”, inserida nas escarpas da cordilheira de Serra do Espinhaço1. Atrás do Vale Catuni sucedendo serra acima, revela-se desfiladeiros e paisagens de grande perfeição. O longo caminho passa ao lado da barragem que possui uma variante à esquerda, conduzindo até um entroncamento onde a direita está a grota do Pripiri e a esquerda está a comunidade de Cachoeira dos Betes, passando ao pé do Morro Redondo e seguindo pelos caminhos dos remanescentes engenhos de Cana-de-açúcar.

O Povoado de Catuni é, hoje, um arruamento que fica à margem da ESTRADA DE FERRO DA BAHIA AO SÃO FRANCISCO (EFBSF), num ponto equidistante entre a capital Salvador e o interior do estado, em Juazeiro. A distribuição espacial tem como formato principal uma Meia Lua de onde emerge ramificações.

Suas ruas são: Rua Nova, Rua Alto Bonito, Rua do Matadouro, Rua da Praça São Vicente de Paula, Rua da Areia, Rua Santa Tereza e Rua Olhos D’água.

Na entrada da vila existe uma imagem do padroeiro católico São José que vai sentido Escola Municipal Maria Ivete e posteriormente na Igreja. Logo, percebemos casas e casarões espalhados pelo percurso. As construções históricas remetem a arquitetura colonial brasileira, transpassando seus dois séculos de existência. Tendo como pano de fundo as serras que criam uma visão panorâmica na linha do horizonte.

Data de Publicação:
Editora: Editora SABEH
Editores:
Gêneros:
Tags:

No comments.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *