Normas para autores

CHAMADA PÚBLICA PARA A 4ª EDIÇÃO DA REVISTA ECOLOGIAS HUMANAS (ISSN 2447-3170)

Normas gerais

O manuscrito deve ser enviado em Português (preferencialmente), Espanhol ou Inglês. Para este último orienta-se o envio do texto em inglês americano ou britânico, evitando a combinação de ambos.

Na carta de apresentação do artigo (“cover letter”), deve-se destacar a relevância do texto, bem como a declaração de que todos os autores estão cientes do conteúdo do artigo.

Os autores podem sugerir de três a cinco nomes de revisores, assim como indicar algum nome indesejado para não revisar o manuscrito. Ressalta-se que por se tratar de sugestão, o corpo editorial da quarta edição da Revista Ecologia Humanas não está obrigado a aceitar as sugestões de revisores. Aproveita-se para reiterar o compromisso ético e moral da revista ao selecionar revisores apropriados, com a devida expertise, para revisar os artigos submetidos. As submissões devem ser encaminhadas para o e-mail da Revista da SABEH (revista.sabeh@gmail.com) devidamente formatada seguindo as normas aos autores descritas a diante.

 

Nomenclaturas, unidades e abreviações

O nome de espécies deve seguir os códigos internacionais (por exemplo, os códigos internacionais de nomenclatura botânica e zoológica). Use itálico para palavras em idioma distinto do corpo do texto (por exemplo, se o texto estiver em português toda e qualquer palavra que aparecer em algum idioma diferente do português deve vir em itálico). Aproveita-se para indicar que na medida do necessário, palavras ou expressões em outro idioma sejam devidamente explicadas no texto. No mesmo sentido, evitar abreviações não padronizadas, mas sendo essenciais, a definição destas devem ocorrer no primeiro momento que forem usadas.

 

Aspectos éticos e legais

Deve constar nos métodos que a pesquisa com seres humanos seguiu as normas da declaração de Helsinki e Tokyo e que foi aprovado por comitê de ética em pesquisa com seres humanos, ou algo semelhante, informando que o termo de consentimento livre e esclarecido foi devidamente empregado e obtido antes do inicio da pesquisa.

Ressalta-se que no tocante a coleta de material zoológicos, esta deve estar em acordo com os princípios internacionais para uso de animais. Para o caso de coleta de espécies silvestres, o número de licença de coleta deverá ser fornecido, bem como o nome da agência que aprovou.

Os editores esclarecem que a falta dos procedimentos éticos adequados a pesquisa com seres humanos e uso de recursos genéticos podem acarretar na rejeição imediata do manuscrito submetido.

 

Material botânico e zoológico coletado

Os autores devem citar o local de coleta e depósito do material biológico usado na pesquisa. Especialmente para as plantas, faz-se necessário informar o número de tombamento das espécies coletadas em herbário de referência.

 

Tipos de manuscritos

Comunicação curta – Manuscrito breve, representando uma significativa contribuição. Ressalta-se que a comunicação curta não deve ser confundida com uma publicação de resultados preliminares. Deve conter no máximo cinco paginas (no formato do template apresentado) estruturando da mesma forma que o artigo de pesquisas originais. Permite-se no máximo três ilustrações (figuras ou tabelas).

Manuscrito de pesquisa original – Versão mais completa em comparação ao formato descrito anteriormente. O manuscrito deve incluir os seguintes itens: título, resumo, introdução, material e métodos (ou somente métodos), resultados e discussão, conclusões e referências. A seção agradecimentos é opcional. Alerta-se que o presente formato deve conter no Máximo doze páginas.

Revisão –  Os autores são livres para proposições de artigo de revisão, desde que atentos para o escopo da revista. Máximo de doze páginas.

 

Formato do texto

A publicação deve estar em conformidade com o template que acompanha estas normas para publicação. Fonte padrão é Arial (12) e espaçamento entre linhas 1,5, com todas as páginas numeradas e o texto com alinhamento justificado, exceto para o título o qual deve estar em negrito e centralizado. O tamanho da página deve ser A4 com margens 3cm a direita, 2cm a esquerda e 3cm superior e inferior. Os arquivos são aceitáveis em formato docx (Microsoft© Word™ 2007 ou superior) ou doc (compatível com todas as versões do MS Word™ e outros editores de texto, a exemplo OpenOffice, LibreOffice/BrOffice).

 

Estrutura do artigo

Página do título

Nomes de autor e afiliações – Fornecer nomes de autores completos. As afiliações dos autores devem ser colocadas imediatamente abaixo da lista de autores. Indique todas as afiliações com um número de sobrescrito minúsculo imediatamente após o nome do autor e na frente do endereço profissional. As afiliações devem ter o endereço e código postal completo, bem como o endereço de e-mail. O autor correspondente deve ser indicado com um asterisco sobrescrito.

Resumo – Insira um resumo até 250 palavras na página de título. O resumo deve conter informações breves que abordem o estudo, com ênfase nos principais resultados. Três a cinco palavras-chave também devem ser fornecidas após o resumo.

Seções

As principais seções do manuscrito devem ser: Introdução, Material e Métodos ou Métodos, Resultados e Discussão (combinados ou separados), Conclusões e Referências. Os títulos devem ser indicados em negrito e caixa alta. Se as subsecções forem necessárias, elas devem ter seus títulos destacados em itálico. Agradecimentos de pessoas, bolsas, fundos, etc. devem ser colocados em uma seção separada, denominada agradecimentos, antes da lista de referência. Os nomes das organizações de financiamento devem ser redigidos na íntegra.

A página de título e as seções devem seguir o exemplo de arranjo e organização conforme demonstrado no modelo.

Tabelas

A numeração das tabelas devem ser feita de forma consecutiva a medida que apareçam  no texto (por exemplo, Tabela 1, … Tabela 2). As tabelas também devem ter um título (acima da tabela) que resuma a tabela inteira. Permite-se o uso de legenda, desde que concisa.

As tabelas devem ser formatadas usando o ‘Objeto de tabela’ no programa de processamento MS Word ™ ou equivalente para garantir que as colunas de dados sejam mantidas alinhadas quando o arquivo é enviado eletronicamente para revisão. Colunas e linhas de dados devem ser visivelmente distintas garantindo que as bordas de cada célula se mostrem como linhas pretas. Vírgulas não devem ser usadas em lugar de pontos decimais. A cor e o sombreamento não podem ser usados. Partes da tabela podem ser destacadas usando símbolos ou texto em negrito, cujo significado deve ser explicado em uma legenda de tabela.

As tabelas devem ser inseridas no texto com as respectivas indicações e informações.

Figuras

Numerar as ilustrações de acordo com sua sequência no texto. Use uma convenção de nomeação lógica para seus arquivos (Ex: Para a Figura 1, o nome do arquivo pode ser Figura 1.tif). Para gráficos vetoriais, o formato preferido é EPS. Para fotografias em cores ou em tons de cinza (meios-tons): use o formato TIFF e o mínimo de 300 dpi. Em outros tipos de imagens, use pelo menos 600 dpi e escolha o formato tiff. Os números devem ser inseridos no texto com as respectivas indicações e informações. Além disso, pedimos aos autores que enviem as figuras em arquivos separados.

Arquivos adicionais

Os arquivos adicionais também devem ser indicados no texto em ordem sequencial (arquivo adicional 1, 2, …) e devem ser enviados em arquivos separados com nomes lógicos (por exemplo, arquivo adicional 1.mpg, 2.xls arquivo adicional, etc. …) Figuras ou legendas para arquivos adicionais devem ser especificadas após as referências.

Referências

As referências devem ser citadas em ordem numérica como elas aparecem no texto (ver template), devendo todas as referências constar no arquivo principal do manuscrito. Todos os autores podem ser nomeados na citação. Deve-se fornecer a data de acesso para fontes on-line.

Citação de artigos em periódicos

  1. BEGOSSI A. Ecologia Humana: Um Enfoque Das Relacões Homem-Ambiente. INTERCIENCIA 1993;18(1):121–132. http://www.interciencia.org.ve.
  2. MARCHAND RP P. L’analyse de similitude appliqueé aux corpus textueles: les primaires socialistes pour l’election présidentielle française. In Actes des 11eme Journées internationales d’Analyse statistique des Données Textuelles. 2012;p. 687-699. http://lexicometrica.univparis3.fr/.
  3. SANTOS BDS. A filosofia à venda, a douta ignorância e a aposta de Pascal. Revista Crítica de Ciências Sociais 2008; http://rccs.revues.org/691.

Citação de livro

  1. KORMONDY DE Edward J; BROWN. Ecologia Humana. Tradução de Max Blum. Coord. Editorial da Edição Brasileira Walter Neves. São Paulo: Atheneu Editora; 2002.
  2. KUHN TS. A Estrutura das Revoluções Cientícas. 5.ed. São Paulo: Perspectiva; 1998.

Citação de Tese:

  1. MARQUES, J. Cultura Material e Etnicidade dos Povos Indígenas do São Francisco Afetados por Barragens: Um Estudo de Caso dos Tuxá de Rodelas, Bahia, Brasil. Tese de Doutorado, Programa de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade, Universidade Federal da Bahia-UFBA, Salvador, 2008.

No comments.