DIÁLOGOS SOCIOAMBIENTAIS E PERPECTIVAS CULTURAIS

DIÁLOGOS SOCIOAMBIENTAIS E PERPECTIVAS CULTURAIS

O livro Diálogos Socioambientais e Perspectivas Culturais nasce da premissa de que os fenômenos não se estruturam separadamente. O conjunto de textos apresentado na obra é bom exemplo desse contexto. Apesar de os trabalhos possuírem autonomia autoral, se ligam pelo amalgama interdisciplinar, seja em sua perspectiva endógena, quando um campo de conhecimento intercambia, por empréstimo, saberes para que ele próprio possa inovar e se reproduzir enquanto campo de conhecimento, encontros saudáveis, mas nem sempre consensuais; seja pela interdisciplinaridade exógena, condição sine qua non do conhecimento científico que intercambia ideais, inovações, metodologias e epistemologias diversas.

Outra ponte de ligação intertextual apresentada nos trabalhos é a abordagem ambiental-cultural. Nessa perspectiva, a Ecologia Humana é o ponto de convergência, o lugar do saber, no qual homem-natureza se fundem a ponto de essa integração ligar-se por uma intricada rede de relações que se unem e se retroalimentam constantemente.

Dessa forma, a obra trata de um contexto que abrange as perspectivas socioambientais análises culturais, desenvolvimento regional e investigações vinculadas a esses temas sob a ótica de diferentes áreas como Ecologia Humana, Geografia, Literatura, História, Sociologia entre outras. Sua estruturação é em forma de temáticas que se apresentam integradas, objetivando colocar em diálogos, um leque de possibilidades de várias áreas do conhecimento, numa perspectiva interdisciplinar.

No comments.